OLÁ! ESTÁVAMOS LHE ESPERANDO! NAVEGUE E CONHEÇA AS NOVIDADES DA ESTRATÉGIA.

A AGÊNCIA

terça-feira, 13 de setembro de 2011

MAIS UMA PREFEITURA ATENDIDA

Nailson e Yole Guimarães estão atendendo, assessorando e fazendo consultoria de marketing a mais uma prefeitura do Pará, a de São Domingos do Capim e já começamos a criar diferencial com o "Capital Mundial da Pororoca", a exemplo de Igarapé-Miri "Capital Mundial do Açaí" e Soure, do Marajó Búfalo Fest.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

O Marajó e seus búfalos na TV Record

video
O Marajó tem dessas coisas e Soure tem o melhor do máximo da ilha. Somos tendenciosos ao falar de Soure, afinal a Prefeitura é nosso cliente, mas quem conhece o Pará e quer "esfriar" a cabeça, precisa passar uns dias lá: queijo marajoara, filé de búfalo, filhote ao molho de camarão, artefatos de couro, praias belíssimas e inexploradas, hotéis e pousadas para todos os gostos, paz, tranquilidade, natureza e o melhor: povo hospitaleiro!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Eventos dentro do Marajó Búfalo Fest em Soure, Marajó Pará


Cartaz criada pela Estratégia Comunicação & Marketing. Direitos autorais reservados
Rodeio Marajoara: Competições de arena envolvendo vaqueiros, búfalos e cavalos do Marajó. Produzido pela Companhia Marajoara de Rodeios criada a 3 anos em Soure. Nesta atividade são postas a prova as habilidades do vaqueiro e a destreza dos animais promovendo um espetáculo de rara grandeza, onde o público participa ativamente.
Shows Culturais:
Caio e Marcelo, Forró do Bacana, Gilmara e Banda, Estrela do Melody, Alfa Show e Mais Paixão. Grupos Folclóricos Cruzeirinho, Eco Marajoara e Aruãs.
Feira de Economia Solidária:
Os 16 municípios do Marajó estão mobilizados para participar através de seus agentes de economia solidária locais. Pela primeira vez ocorre uma feira como essa no Marajó, com 18 estandes disponíveis para o artesanato, pecuária, agricultura, pesca, culinária. 
Projeto Curupira do Senar:
Serão 7 computadores em um ônibus para o curso de Informática Rural, com duas turmas de 7 alunos cada (manhã/tarde).
Público alvo: jovens a partir de 14 anos, alfabetizados e com vínculo no meio rural.
Início: 23 a 26, com CH de 24 horas/aulas
Além do Curso de informática Rural, serão expedidas Carteiras de Trabalho.
Inscrições: Centro de Referência Psicossocial (CRAS) – Soure.
Maiores informações: 3741- 1495.
Curso de Confecção de Material de Higiene e Limpeza:
(Detergente, sabão em pó, sabão em barra, limpa alumínio, sabão liquido, etc) 20 vagas.
Início: segunda (22) a sexta (26). Aulas pela manhã e a tarde. 
Local: Sindicato de Produtores Rurais de Soure, 1ª rua entre Trav. 14 e 15,  nº 320. 01 turma apenas para alunos acima de 14 anos, alfabetizado, ambos os sexos.
Promoção: Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Soure e Senar. Alacid Nunes Filho – Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, representante do Senar em Soure Diretor Técnico do Fundepec – Fundo de Desenvolvimento da Pecuária.
Encontro do Codetem:
(Coordenação de Desenvolvimento do Território do Marajó) – Participarão do encontro: membros da Coordenação Técnica, representantes do Governo do Estado, instituições parceiras e todos os Prefeitos do Marajó.
Data: 25 a 27 de novembro – Auditório da Prefeitura de Soure
Demonstração do PAES:
Produção Agroeconômica Integrada e Sustentável coordenada pelo Sebrae. Soure deverá receber 20 PAES com investimento de cerca de 8 mil reais cada.
(Dário Pedrosa - Comunicação da Prefeitura de Soure)

Venha para o MARAJÓ BUFALO FEST: 24 a 28 de novembro, Soure. A Capital Brasileira do Búfalo.

Segundo Pietro Baruselli, com dados da FAO, o rebanho bubalino mundial apresentou crescimento numérico de 50% nos últimos 28 anos, com estimativa atual de 190 milhões de animais. No Brasil, que detém o maior rebanho de búfalos dos países ocidentais, a população bubalina – de aproximadamente 3 milhões de animais - apresentou, nos últimos 10 anos, crescimento anual de 12% - dados da ABCB.
No Brasil, 50% do rebanho encontra-se na Região Norte. O restante distribui-se homogeneamente entre as outras Regiões. A ilha do Marajó concentra um número considerável dos búfalos da região norte e configura-se na área que reúne o maior rebanho de toda região. O animal tem uma influência direta na vida do marajoara, contribuindo na alimentação, trabalho, turismo e até na segurança pública. Em Soure, a Adepará registrou 563 animais bubalinos somente para trabalho em carroça, divididos em 136 carroceiros que operam na cidade. Pela cultura bubalina muito forte e com grande influência na economia local Soure apresenta-se como a Capital Brasileira do Búfalo e, por esse motivo, realiza o maior evento de bubalino cultura do norte do Brasil.
A CHEGADA DO BÚFALO AO BRASIL:
Os búfalos no Brasil têm uma história bem curta, se compararmos ao tempo de exploração bovina em nosso país, que data da chegada dos colonizadores portugueses, há 500 anos. As primeiras criações de búfalos surgiram com a chegada dos primeiros animais ao Brasil, há cerca de 1 século, na Ilha de Marajó.
A carne de búfalo é utilizada tanto na venda do produto resfriado ou congelado como, também, na produção de hambúrgueres, salsichas, etc. É uma carne considerada magra, com baixos teores de colesterol e com aspecto e gosto semelhante ao da carne bovina. Somente de oito aos atrás se começou a fazer melhoramento genético de animais bubalinos para produção de leite. Antes era somente para corte. O animal Também é muito usado na tração.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Novos clientes da Estratégia transferidos para a Cromaki Comunicação Integrada

                                Estratégia: Nailson, Yole              Cromaki: Raoni, Luana 
Novos clientes que chegam à Estratégia estão sendo transferidos aos poucos para a nova Agência Cromaki Comunicação Integrada. A Estratégia Comunicação & Marketing, com 20 anos de mercado, ficará exclusivamente com a área de Marketing Político, Eleitoral e Consultoria afim.
A nova Agência será comandada por Raoni Guimarães (publicitário - atual diretor de criação da Estratégia) e Luana Guimarães (Administradora e Consultora em Marketing com MBAs pela Estratego e FGV) e ficará com a carteira de clientes da área de propaganda do setor privado.
A empresa já nasce com vários clientes: Indústria; Representação e Logística; Clínica de estética e fisioterapía que será lançada em janeiro; Lan House; Empresa de material de construção e outros em prospecção.
Nailson e Yole Guimarães continuarão no comando da Estratégia, também orientando os novos empresários - que já tem bastante experiência através da Estratégia. Vem mais novidades por aí!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Calem a boca, nordestinos!

Um artigo muito interessante sobre o preconceito, que nos sentimos na obrigação de postar. Não conhecemos o autor, mas merece, com certeza, o nosso respeito! (Nailson Guimarães)

José Barbosa Junior, madrugada de 3 de novembro/2010.
A eleição de Dilma Rousseff trouxe à tona, entre muitas outras coisas, o que há de pior no Brasil em relação aos preconceitos. Sejam eles religiosos, partidários, regionais, foram lançados à luz de maneira violenta, sádica e contraditória.
Já escrevi sobre os preconceitos religiosos em outros textos e a cada dia me envergonho mais do povo que se diz evangélico (do qual faço parte) e dos pilantras profissionais de púlpito, como Silas Malafaia, Renê Terra Nova e outros, que se venderam de forma absurda aos seus candidatos. E que fique bem claro: não os cito por terem apoiado o Serra... outros pastores se venderam vergonhosamente para apoiarem a candidata petista. A luta pelo poder ainda é a maior no meio do baixo-evangelicismo brasileiro.
Mas o que me motivou a escrever este texto foi a celeuma causada na internet, que extrapolou a rede mundial de computadores, pelas declarações da paulista, estudante de Direito, Mayara Petruso, alavancada por uma declaração no twitter: "Nordestino não é gente. Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!".
Infelizmente, Mayara não foi a única. Vários outros “brasileiros” também passaram a agredir os nordestinos, revoltados com o resultado final das eleições, que elegeu a primeira mulher presidentE ou presidentA (sim, fui corrigido por muitos e convencido pelos "amigos" Houaiss e Aurélio) do nosso país.
E fiquei a pensar nas verdades ditas por estes jovens, tão emocionados em suas declarações contra os nordestinos. Eles têm razão!
Os nordestinos devem ficar quietos! Cale a boca, povo do Nordeste!
Que coisas boas vocês têm pra oferecer ao resto do país?
Ou vocês pensam que são os bons só porque deram à literatura brasileira nomes como o do alagoano Graciliano Ramos, dos paraibanos José Lins do Rego e Ariano Suassuna, dos pernambucanos João Cabral de Melo Neto e Manuel Bandeira, ou então dos cearenses José de Alencar e a maravilhosa Rachel de Queiroz?
Só porque o Maranhão nos deu Gonçalves Dias, Aluisio Azevedo, Arthur Azevedo, Ferreira Gullar, José Louzeiro e Josué Montello, e o Ceará nos presenteou com José de Alencar e Patativa do Assaré e a Bahia em seus encantos nos deu como herança Jorge Amado, vocês pensam que podem tudo?
Isso sem falar no humor brasileiro, de quem sugamos de vocês os talentos do genial Chico Anysio, do eterno trapalhão Renato Aragão, de Tom Cavalcante e até mesmo do palhaço Tiririca, que foi eleito o deputado federal mais votado pelos... pasmem... PAULISTAS!!!
E já que está na moda o cinema brasileiro, ainda poderia falar de atores como os cearenses José Wilker, Luiza Tomé, Milton Moraes e Emiliano Queiróz, o inesquecível Dirceu Borboleta, ou ainda do paraibano José Dumont ou de Marco Nanini, pernambucano.
Ah! E ainda os baianos Lázaro Ramos e Wagner Moura, que será eternizado pelo “carioca” Capitão Nascimento, de Tropa de Elite, 1 e 2.
Música? Não, vocês nordestinos não poderiam ter coisa boa a nos oferecer, povo analfabeto e sem cultura...
Ou pensam que teremos que aceitar vocês por causa da aterradora simplicidade e majestade de Luiz Gonzaga, o rei do baião? Ou das lindas canções de Nando Cordel e dos seus conterrâneos pernambucanos Alceu Valença, Dominguinhos, Geraldo Azevedo e Lenine? Isso sem falar nos paraibanos Zé e Elba Ramalho e do cearense Fagner...
E Não poderia deixar de lembrar também da genial família Caymmi e suas melofias doces e baianas a embalar dias e noites repletas de poesia...
Ah! Nordestinos...
Além de tudo isso, vocês ainda resistiram à escravatura? E foi daí que nasceu o mais famoso quilombo, símbolo da resistência dos negros á força opressora do branco que sabe o que é melhor para o nosso país? Por que vocês foram nos dar Zumbi dos Palmares? Só para marcar mais um ponto na sofrida e linda história do seu povo?
Um conselho, pobres nordestinos. Vocês deveriam aprender conosco, povo civilizado do sul e sudeste do Brasil. Nós, sim, temos coisas boas a lhes ensinar.
Por que não aprendem conosco os batidões do funk carioca? Deveriam aprender e ver as suas meninas dançarem até o chão, sendo carinhosamente chamadas de “cachorras”. Além disso, deveriam aprender também muito da poesia estética e musical de Tati Quebra-Barraco, Latino e Kelly Key. Sim, porque melhor que a asa branca bater asas e voar, é ter festa no apê e rolar bundalelê!
Por que não aprendem do pagode gostoso de Netinho de Paula? E ainda poderiam levar suas meninas para “um dia de princesa” (se não apanharem no caminho)! Ou então o rock melódico e poético de Supla! Vocês adorariam!!!
Mas se não quiserem, podemos pedir ao pessoal aqui do lado, do Mato Grosso do Sul, que lhes exporte o sertanejo universitário... coisa da melhor qualidade!
Ah! E sem falar numa coisa que vocês tem que aprender conosco, povo civilizado, branco e intelectualizado: explorar bem o trabalho infantil! Vocês não sabem, mas na verdade não está em jogo se é ou não trabalho infantil (isso pouco vale pra justiça), o que importa mesmo é o QUANTO esse trabalho infantil vai render. Ou vocês não perceberam ainda que suas crianças não podem trabalhar nas plantações, nas roças, etc. porque isso as afasta da escola e é um trabalho horroroso e sujo, mas na verdade, é porque ganha pouco. Bom mesmo é a menina deixar de estudar pra ser modelo e sustentar os pais, ou ser atriz mirim ou cantora e ter a sua vida totalmente modificada, mesmo que não tenha estrutura psicológica pra isso... mas o que importa mesmo é que vão encher o bolso e nunca precisarão de Bolsa-família, daí, é fácil criticar quem precisa!
Minha mensagem então é essa: - Calem a boca, nordestinos!
Calem a boca, porque vocês não precisam se rebaixar e tentar responder a tantos absurdos de gente que não entende o que é, mesmo sendo abandonado por tantos anos pelo próprio país, vocês tirarem tanta beleza e poesia das mãos calejadas e das peles ressecadas de sol a sol.
Calem a boca, e deixem quem não tem nada pra dizer jogar suas palavras ao vento. Não deixem que isso os tire de sua posição majestosa na construção desse povo maravilhoso, de tantas cores, sotaques, religiões e gentes.
Calem a boca, porque a história desse país responderá por si mesma a importância e a contribuição que vocês nos legaram, seja na literatura, na música, nas artes cênicas ou em quaisquer situações em que a força do seu povo falou mais alto e fez valer a máxima do escritor: “O sertanejo é, antes de tudo, um forte!”
 Que o Deus de todos os povos, raças, tribos e nações, os abençoe, queridos irmãos nordestinos!
Fonte: www.crerepensar.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=204&Itemid=26

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Chico, Ana e a Eleição

   Ana Júlia errou porque quis e teve consciência disso. Ao aceitar a argumentação de uma agência de fora que não tem o mínimo de conhecimento das nossas regionalidades, selou a sua morte eleitoral. Os argumentos do nosso mago Chiquinho, em artigo no Diário do Pará, foram todos apontados pela Estratégia, em nossas conversas anteriores com o staff de campanha do Paulo Rocha, nosso cliente há 18 anos e que este ano nos preteriu de sua campanha, resolvendo mudar suas estratégias, orientado por "forças de cima". Fizemos apenas parte da Campanha, depois de briga interna, sendo o Laércio, assessor do Paulo, defendendo nossa participação.
   A Link não conhece nossa região. Nós já estivemos presente em em mais de 110 municípios  e conhecemos cada hábito e argumentação de cada região, de norte a nordeste do Pará. Não foi a toa que fizemos campanhas desde Ururará, Altamira, Cametá, Igarapé-Miri, Soure, Bragança, Bagre, Augusto Corrêa, Terra Alta etc.
   A baiana Link queria que todos os profissionais de marketing, com anos de experiência no Estado, ficassem fora da campanha. Deu no que deu. Ferrou-se!!! A Griffo conseguiu desconstruir toda a argumentação da Link, porque o Orly conhece os fatos e a região e muito competentemente usou isso a favor.
   Quanto a comunicação do governo, mais uma vez o Chico tem razão e não preciso argumentar os fatos. Agora é muito fácil culpar as agências e o staff de comunicação do Governo, que ajudaram a consolidar. Argumentos para colocar seus erros nas costas dos mais fracos.
   Parabéns ao Jatene, porque confiou nos profissionais da terra! Parabéns à militância do PT, que mesmo sem rumo, foi às ruas defender o que achavam correto! Parabéns ao Chico, pela argumentação coerente!
Nailson Guimarães

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Ex-futura advogada será processada por xenofobia

Postamos a notícia por entendermos que o ser humano merece respeito, seja qual for a raça, cor ou religião. Enquanto lutamos a favor da vida, alguns lutam a favor da morte e do preconceito. Uma verdadeira apologia ao crime, a xenofobia, ao preconceito... 
Por Juliano Costa, da Redação Yahoo! Brasil
"A OAB de Pernambuco entrou nesta quarta-feira (3) com uma notícia-crime no Ministério Público Federal em São Paulo contra a estudante de direito Mayara Petruso, que chocou o Brasil com mensagens racistas postadas no Twitter logo após a eleição de Dilma Rousseff no domingo.
Vários usuários se manifestaram de forma ofensiva aos nordestinos, mas, segundo a asessoria de imprensa da OAB-PE, a ação será concentrada em Mayara "porque foi ela quem começou". Dentre vários posts ofensivos, Mayara escreveu: "'Nordestisto' não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado" (sic).
Caberá ao Ministério Público Federal investigar o caso, e decidir se Mayara é passível de punição. A garota será alvo de duas ações: uma por racismo e outra por "incitação pública ao ato delituoso". A primeira estipula pena de 2 a 5 anos de detenção, e a segunda, de 3 a 6 meses de reclusão ou multa. O crime de racismo é imprescritível e inafiançável.
Mayara já sofreu um primeiro grande revés nesta quarta-feira: foi demitida do escritório de advocacia Peixoto e Cury Advogados, em São Paulo, onde era estagiária. "Com muito pesar e indignação, (o Peixoto e Cury Advogados) lamenta a infeliz opinião pessoal emitida, em rede social, pela mesma, da qual apenas tomou conhecimento pela mídia e que veemente é contrário, deixando, assim, ao crivo das autoridades competentes as providências cabíveis", diz o escritório, em nota divulgada à imprensa.
Não é a primeira ação na Justiça que apura crimes de xenofobia contra nordestinos praticados na internet. O Ministério Público Federal investiga denúncias de racismo por parte de membros de uma comunidade no Orkut chamada "Eu odeio nordestinos". O tumblr Xenofobia Não reúne uma série de "print screens" de ofensas de usuários a nordestinos no Twitter, como "Só Hitler acaba com a raça dos petistas, construindo câmara de gás no Nordeste e matando geral" .
O objetivo da ação contra Mayara, segundo a OAB-PE, é acabar com a percepção que existe de que manifestações odiosas na internet acabam impunes."

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Líder contra o aborto fará palestra em Belém

Amanhã, sexta (22), estará em Belém, vindo de Fortaleza, o presidente da Comissão Parlamentar contra o Aborto, Deputado Luiz Bassuma (PV/BA), que está divulgando a luta contra o Aborto a favor da vida. Chega em Val-de-Cans às 7 da manhã e fará coletiva nesta agência, entre 10 e 11 horas. À noite fará palestra sobre o tema na sede da União Espírita Paraense, às 19h30 (Rua Osvaldo Cruz, 45, em frente a Pça da República) para um grupo formado por várias tendências religiosas do estado. Esta empresa apóia a iniciativa por também defender a vida.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Estratégia: a favor da Vida, contra o Aborto

Estratégia Comunicação é responsável pela vinda do deputado federal Luiz Bassuma (PV/BA), presidente da Comissão Parlamentar contra o Aborto, à Belém. Fomos contatados pelo Marcos Paulo, da Estação da Luz, a produtora do filme Bezerra de Menezes, que, a propósito, foi lançado em avant premiere em Belém, através desta Agência. 
O Deputado estará em Belém na sexta e fará palestra na sede da UEP, às 19h30, vindo direto de Fortaleza, acompanhado do produtor de "Bezerra de Menezes", após peregrinar por vários estado do Brasil.Editar

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Newton Pereira: De Belém a Marília

No último Encontro do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito no Brasil (Conpedi), realizado em junho deste ano, Newton Carlos Freire Pereira, mestrando do Univem, foi indicado a compor a direção da Federação Nacional de Pós-graduandos em Direito (Fepodi), como membro colaborador da diretoria executiva.Dentre as atividades desenvolvidas, consta a participação na elaboração do estatuto social e na constituição da diretoria provisória, inclusive com a realização de três reuniões da executiva, em Brasília, Belo Horizonte e Curitiba. Sua vinculação à direção da Fepodi estende-se até fevereiro de 2011, quando deve concluir o mestrado no Univem. Para saber mais sobre a Fepodi, acesse o sitehttp://fepodi.webnode.com.br/ ou visualize o estatuto em http://fepodi.webnode.com.br/estatuto/.Pereira mora e trabalha em Belém, mas tem sido figura constante em Marília nos últimos tempos. Prestes a concluir o mestrado, ele conta que a vida é corrida, mas que o prazer em atuar na área e cursar uma conceituada pós-graduação compensa o esforço.Na capital paraense, o mestrando do Univem exerce a advocacia em escritório próprio, prestando assessoria para prefeituras municipais na área de Direito Administrativo, especialmente em licitações e contratos. Paralelamente, exerceu a atividade docente na educação superior, mas os compromissos profissionais no interior do estado, que demandam longas viagens de barco, fizeram-no afastar-se da sala de aula neste primeiro semestre. “Gosto muito da docência e pretendo retornar em 2011, já com o título de mestre em Direito de Estado pelo Univem”, revela.E por que é que Pereira veio tão longe buscar aperfeiçoamento e titulação? Ele conta que conheceu o Univem através do professor Vanderlei Portes, mestre em Direito pela casa, ex-coordenador do curso de Direito da Faculdade Ideal de Belém. Em dezembro de 2008, veio a Marília para prestigiar a defesa da dissertação do amigo e ficou encantando com o Univem. “Na oportunidade, conheci os professores-doutores Lafayette Pozzoli e Raquel Ferraroni Sanches, hoje minha orientadora”, lembra.“A decisão pelo mestrado do Univem ocorreu pelas boas referências e em função da abordagem filosófica e propedêutica da linha de pesquisa do programa, em oposição à proposta de mestrado dogmático ou positivista”, enfatiza.Pereira deve fazer sua defesa até dezembro deste ano, mas já adianta: “Mesmo quando terminar o mestrado, pretendo visitar Marília sempre que possível, pois esta é uma cidade que aprendi a amar.”(Notícia publicada no Jornal da Univem: http://www.univem.edu.br/jornal/materia.asp?mat=6 )

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Presidente Lula conversa com o Prefeito João Luiz sobre o Marajó

Prefeito de Soure sendo entrevistado na sala de reuniões da Estratégia Comunicação
Mesmo envolvido por forte esquema de segurança, comum da autoridade representada por ele, o Presidente Lula, em sua visita a Belém, não perdeu a oportunidade de demonstrar sua admiração e carinho pelo Marajó.
Durante sua chegada a sede do Basa, em Belém, Lula teve sua atenção tomada pelo Prefeito de Soure, João Luiz Melo, uma das autoridades presentes à entrevista coletiva do Presidente. Ao ouvir o cumprimento do prefeito, Lula saiu do cerco da segurança e foi ao encontro de João Luiz para afirmar que, logo após deixar a Presidência da República, passará um final de semana na ilha do Marajó e pediu que o Prefeito o levasse a um ponto de pesca de pirarucú. Lula disse "Quero pegar um daqueles "teba!" (muito grande), na linguagem regional.
Ele apertou forte a mão do Prefeito marajoara e deu-lhe um forte abraço. Foi um papo rápido, olho no olho entre Lula e João Luiz, em meio ao turbilhão que se forma a cada visita da maior liderança política das Américas a uma cidade brasileira.
João Luiz, antes de ser Prefeito já se consolidava como um grande líder do Marajó, e tem em Lula, a referência de um grande líder político. "Você não tem noção da emoção que senti ao ter a atenção dele ao perceber a atenção que o Presidente nós deu. Senti-me prestigiado, mas estava ali representando cada marajoara que, pelo Presidente, tem uma atenção especial. Não é a toa que Lula é o maior lider político deste pais" disse João Luiz, ao expressar o que sentiu durante o breve momento, fora do protocolo, com o Presidente do Brasil. (Redação/cortes: Dário Pedrosa)

NOVO CARTAZ DO CONGRESSO ESPÍRITA

Eis o novo Cartaz (que norteará toda a campanha) do I Congresso Espírita Paraense criado pela Estratégia. Nosso diretor de criação, Nailson Guimarães faz parte da Depto. de Comunicação Social da União Espírita. Também disponível o hote site que a Agência criou e está em fase final de acabamento. O Congresso será um dos maiores eventos do gênero no Pará e se realizará no maior Centro de Convenções do Estado, o belíssimo Hangar.
Vá conhecer as belezas do Pará, com suas praias de grande ondas, de água doce, litoral de frente para o Oceano Atlântico, Ver-o-Peso com suas mandingas e comidas típicas únicas do Pará, Estação das Docas e o gostoso açaí puro - puríssimo!
O Congresso destina-se a qualquer tipo de público que tenha curiosidade em conhecer o tema proposto. Participe! Inscrições pelo site www.paraespirita.com.br.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

ESSA PROPAGANDA FOI DEMAIS: MÍDIA EXTERIOR


Painel montado em Devon, Inglaterra.
Com o objetivo de promover a vinícola Banrock Station, que estava doando 5% da venda de uma edição especial de seus vinhos para o programa Plan Bee (que realiza estudos envolvendo as abelhas), foi instalado um painel onde as abelhas, que vinham de uma fazenda da região, se aglomeravam sobre o painel, atraídas por feromônios, e escreviam S.O.S., mas como iniciais de Save Our Swarm (Salve Nossas Abelhas/Enxames).
Claro que não era um painel de longa duração, pois a duração dos feromônios era curta, então essa peça extremamente criativa só foi veiculada por aproximadamente uma hora.

Cinema: "Nosso Lar" terá continuação


Quem ainda não assistiu, aproveite para fazê-lo, pois apesar do sucesso de Nosso Lar, filme baseado na obra do espírito do médico André Luiz, psicografado por Chico Xavier, ainda está em cartaz no Shoping Castanheira e no Pátio Belém. Eu assisti duas vezes: uma com minha esposa e na outra levei meus pais e sobrinhos. 

Confesso que nos dois momentos descobri novas mensagens embutidas, além, é claro da emoção que me tomou conta do começo ao fim.

Reparei também que ao final das sessões as pessoas saem cabisbaixas, pensativas, reflexivas. É o efeito da verdade nos corações dos que conseguem compreender que a vida não acaba após a morte do corpo. Já li - tenho quase todos - os livros da "série" , mas vou relê-los. É preciso muito mais que a simples leitura para descobrir o mundo.

Mas o que me deixou contente foi a notícia da coluna da Mônica Bergamo (Folha de S. Paulo), que o "sucesso do filme espírita “Nosso Lar” nos cinemas foi tanto que os produtores já estão pensando na continuação do longa. A sequência do filme baseado no best-seller de Chico Xavier deve ser uma adaptação de “Os Mensageiros”, outra publicação doutrinária, segundo livro do espírito André Luiz, psicografado por Chico.

Os produtores estão também envolvidos com um projeto de levar a história do filme para as telas da TV, no formato de uma série. Apesar de ainda não haver nenhum negociação com emissoras, a rede Globo já demonstrou interesse. "

Assistam "Nosso Lar", as imagens são lindas, a música marcante, a interpretação dos atores diferenciada e a fotografia belíssima. Vale a pena ver o filme e ler o livro. (Nailson Guimarães, publicitário)

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

ZUENIR VENTURA ELOGIA O PARÁ. ENFIM!...


"Acostumados com o clichê preconceituoso que acredita não haver vida inteligente fora do eixo Rio-São Paulo, nos surpreendemos quando encontramos alguma atividade cultural em cidades do chamado "interior" — o "centro" somos nós, claro. Por exemplo: onde é possível reunir cerca de 650 mil pessoas, um terço dos moradores, para tratar de um assunto meio fora de moda, a leitura? Pois acabo de ver o fenômeno em Belém, na XIV Feira Pan-Amazônica do Livro, um dos três principais eventos do gênero no Brasil, este ano dedicada à África de fala portuguesa. Houve shows com Gilberto Gil, Lenine, Emílio Santiago, Luiza Possi, mas o destaque foram os R$30 milhões faturados com a venda de 500 mil volumes, superando, segundo os organizadores, a Bienal do Rio.
Há cidades brasileiras que só vendo. A capital do Pará é uma delas. Além de ser uma das mais hospitaleiras do país, gosta de seu passado e é hoje um exemplo de como revitalizá-lo. Já escrevi e repito que a intervenção que o arquiteto Paulo Chaves fez no cais da cidade, transformando armazéns e galpões na monumental Estação das Docas, é uma obra que não deve nada à que foi realizada em Barcelona ou Nova York (o prefeito Eduardo Paes devia ir lá ver). Outro genial exemplo de reaproveitamento é o centro onde se realiza a Feira, o Hangar, um gigantesco espaço que antes, como diz o nome, servia de estacionamento para aviões.
E não fica nisso. Há roteiros culturais como o do núcleo Feliz Lusitânia e seu Museu de Arte Sacra, onde se encontram uma Pietá toda em madeira, o São Sebastião de cabelos ondulados e a famosa N. S. do Leite, com o seio esquerdo à mostra dando de mamar. Sem falar nos museus do Encontro e de Gemas do Pará, e numa ida a Icoaraci para ver as cerâmicas marajoara, tapajônica e rupestre.
Para quem gosta de experiências antropológicas, recomenda-se — além dos 48 sabores regionais, a maioria, do sorvete Cairu — uma manhã no mercado Ver-o-Peso, onde me delicio nas barracas de banhos de cheiro lendo os rótulos: "Pega não me larga", "Amansa corno", "Afasta espírito", "Chora nos meus pés". Com destaque para o patchuli, que a vendedora me diz ser o odor de Belém. Mas antes deve-se passar pela área dos peixes: douradas, sardas, tucunarés, enchovas, piranhas, tará-açus. "Esse aqui é o piramutaba", vai me mostrando o nosso guia, o cronista Denis Cavalcanti; "aquele é o mapará, olha o tamanho desse filhote".
Desta vez, o ponto alto da visita foi uma respeitável velhinha fazendo o comercial do Viagra Amazônico para mim e o Luis Fernando Verissimo: "O sr. dá três sem tirar, e depois ainda toca uma punhetinha". Isso com a cara mais séria do mundo, sem qualquer malícia, como se estivesse receitando um remédio pra dor de cabeça. Só vendo."
Publicado no Globo de 08/09/2010

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

NOVA DATA DO MARAJÓ BÚFALO FEST: 24 A 28 DE NOVEMBRO/2010

Em reunião realizada pela coordenação do Marajó Búfalo Fest e secretarias municipais de Soure, no auditório da Prefeitura do município, foi determinada a nova data do Marajó Búfalo Fest 2010: 24 a 28 de novembro de 2010.
Dentre as razões do adiamento do evento:
- Segundo a ADEPARÁ, a Campanha de Vacinação de Combate a Febre Aftosa este ano é de 15 de agosto a 30 de setembro, e até 15 de outubro os produtores terão que entregar a comprovação da vacina, o que leva os fazendeiros a prender suas atenções nessa ação.
- Por conta das chuvas intensas ocorridas em agosto, os campos estão alagados com a vegetação alta, impossibilitando a realização da Corrida de Resistência do cavalo Marajoara, uma âncora do evento.
- O Núcleo do Cavalo Marajoara de Soure foi convidado a participar de uma cavalgada em Belém no dia 13 de setembro durante a abertura do Exposição agropecuária do Pará.Márcio da Silva Cruz Freitas Nagaishi
Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Produção da Prefeitura Municipal de Soure

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Congresso Espírita Paraense em 2010



Nailson Guimarães, diretor de Criação e Planejamento da Estratégia, esteve no dia 9 de junho (quinta-feira) no Palácio do Governo reunindo com a Governadora Ana Júlia, Paulo Roberto Ferreira (Secretário de Comunicação) e Sérgio Santos (Diretor de Comunicação para Ações Comunitárias) juntamente com a Comissão da União Espírita Paraense (cliente da agência), composta pela presidenta da UEP, Sra. Najda Santos, Luis Lopes, Ednaldo Calixto e Lúcia Abreu para tratar assuntos referente ao Congresso Espírita Paraense que se realizará em janeiro de 2011, no Hangar. 

O Congresso Espírita será um dos maiores eventos científico-filosófico-religioso do Estado do Pará. A Estratégia Comunicação é responsável pelo marketing e propaganda do evento - que já começou a ser planejado e articulado, inclusive com o apoio do Governo e bancadas de deputados estaduais, federais, senadores, vereadores e empresas privadas.
A próxima reunião com a Governadora será no dia 17 de junho, às 15 horas, no Palácio do Governo.
--------------
Direção de Criação/Planejamento: Nailson Guimarães; Direção de Arte: Raoni Guimarães; Criação: Ananda Saraiva.

terça-feira, 8 de junho de 2010

A NOVA CARTILHA DO MARKETING POLÍTICO ELEITORAL

A Estratégia Comunicação & Marketing está fazendo uma série de palestras sobre a importância do marketing político/eleitoral e as novas ferramentas que se apresentam aos políticos e que podem influenciar os eleitores, tais como:
Internet funciona? O que foi bom para Obama é bom para nós? Existe diferença entre Marketing Político e Marketing Eleitoral? Como devo me apresentar ao eleitor? Preciso de bases para me eleger? Diferenças cruciais: marqueteiro, marquetista ou marquetólogo? Quem deve comandar a minha campanha? Quanto pode custar minha campanha? O que o eleitor quer ouvir de mim? Emoção e razão: o que devo transmitir?
Essas e outras tantas perguntinhas impertinentes você pode ouvir de dois profissionais com anos atuando na área de Marketing Político em campanhas no Pará e Amapá: Nailson Guimarães e Yole Guimarães.
Responsáveis pelo marketing do Deputado Paulo Rocha há 16 anos, atuais prefeituras de Soure e Igarapé-Miri e outros tantos prefeitos, senadores, vereadores, deputados, sindicatos e associações, as palestras ou cursos (se o cliente preferir) são dirigidos a militantes, assessores, coordenadores de campanha e principalmente CANDIDATOS!
Ligue pra gente: (91)3236-3069 (Estratégia); 8190-0624 (Diretores).
A Estratégia é certificada CENP (Conselho de Normas Padrão) e seus 2 profissionais filiados à Associação Brasileira de Consultores Políticos (em andamento), além de possuir profissionais de marketing com especialização na ESPM e com MBA pela Estratego e FGV.
Quer tentar uma nova cara para a sua campanha?

Dani Suzuki no Marajó

Dani Suzuki da Globo estará chegando dia 20 ao Marajó. Ela vem gravar um programa do Canal Multishow da Globosat, chamado "Pé no chão". Vamos estar junto com a japa nesta história que deverá durar uns 15 dias. Serão 4 programas gravados no estado e três deles no Marajó. (Dário Pedrosa direto de Soure)